Segunda-feira, 28 de Junho de 2010
“LEBANON”_ UMA PELÍCULA VISCERAL
lebanon.jpg

lebanon_2.jpg

lebanon_3.jpg

Tive oportunidade de ver há já algum tempo o filme Líbano (Lebanon, 2009) de Samuel Maoz, um retrato da primeira guerra do Líbano realizado e escrito por Maoz. A película transporta o espectador para o interior de um tanque num pesadelo passado no mês de Junho de 1982. O objectivo da missão de um grupo de quatro imberbes militares, as personagens Shmulik, Asi, Herzl e Yigal, é explorar uma cidade hostil bombardeada pela força aérea de Israel. De repente, e na consequência de um erro na rota que deveriam seguir, aquilo que poderia ser uma missão simples transforma-se num pesadelo. A imagem da câmara funde-se com o visor da arma de disparo do tanque e a dura missão imposta à tripulação deste, matar militares e civis em simultâneo, ou seja, tudo o que estiver em movimento, das galinhas aos velhos e mulheres inocentes, coloca-nos perante um cenário de total violência. Na pele dos inocentes militares que apenas querem voltar para casa e esquecer os horrores que vêem o espectador é confrontado com uma vivência dura que gera sentimentos estranhos…  

Um filme visceral onde os cubos de pão frito se misturam com o mijo da tribulação do tanque. Tudo é castanho, sépia, negro e sujo. Embora esta película nos possa recordar Estado de Guerra (The Hurt Locker, Kathryn Bigelow, 2008, aqui referida) está longe do glamour de Hollywood e não tendo uma realização tão surpreendente quanto o filme de Bigelow é convicta nos seus argumentos cinematográficos e humanos. A sujidade, a porcaria e os gestos e regras inconsequentes fazem os protagonistas estar constantemente em suspeição: uns com os outros, com os seus superiores, consigo próprios. Consegue-se sair da sala de cinema com inúmeras dúvidas sobre a real eficiência das regras a cumprir, se houve ou não traição dos colegas de patrulha e quem alinhava com quem… é nesta confusão, repleta de ambiguidade, que ouvimos a excelente banda sonora do filme que apenas parece querer assinalar que a guerra é mesmo muito estúpida e que os inocentes soldados do tanque são coelhos que caem na armadilha do absurdo, cheios de medo e a lutar pela sobrevivência. Vale a pena ver.

lebanon_1.jpg

lebanon_5.jpg

lebanon_4.jpg


.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds