Domingo, 1 de Abril de 2007
“MEET THE ROBINSONS”_ENTRE A UTOPIA E A DISTOPIA
therobinsons1.jpg

therobinsons.jpg

Meet the Robinsons de Stephen J. Anderson é um filme bastante bom para os mais novos aproveitarem durante as férias da Páscoa. Lewis, o puto órfão que inventa objectos mirabolantes parece no início pouco credível mas conforme se vai seguindo a trama o miúdo é de facto estimulante pela adopção da metáfora “segue em frente” e pelas suas constantes crises de auto estima. As acções de Lewis, que pretende inventar um scanner de memórias que lhe permita recordar a mãe que o abandonou, vão definir o futuro do mundo, uma utopia ou uma distopia, onde a tecnologia e as suas invenções podem servir bons ou maus fins mas, ao contrário das acções, podem sempre ser corrigidas (consertadas). A história baseia-se no clássico de William Joyce, A Day with Wilbur Robinson, e, no segundo filme 3D da Disney, somos transportados para o mundo “líquido” da família Robinson ou para as obscuras estruturas metálicas (que lembram as sentinelas de Matrix) que escravizam os homens. Este mundo distópico é personificado pelo homem do chapéu e pelo seu diabólico companheiro(a), Doris (uma criação de Lewis). 

Os cenários de Meet the Robinsons adoptam técnicas típicas da Disney dos anos 40 e 50 e a estética do filme caracteriza-se por zonas largas de cor plana e sombra o que colocou inúmeros desafios aos criadores do jogo do mesmo nome criado pela Disney em parceria com a Avalanche Studios. Sobre este assunto este artigo da Computer Graphics mostra bem como o desafio foi resolvido.


tags:


10 comentários:
De rafgouv a 2 de Abril de 2007 às 12:29
Interesting!! "Entre a utopia e a distopia"??? Onde é que isso fica? Em nenhures? Eu cá por mim acho que é em todo o lado (e a fórmula uma espécie de pleonasmo espácio-temporal) mas o uso das palavras "utopia" e sobretudo "distopia" é girissimo, diria mesmo que tem imensa paprika... Enfim o que falta, segundo os especialistas, ao paquiderme da Disney:

“Meet the Robinsons” is surely one of the worst theatrically released animated features issued under the Disney label in quite some time."
(http://movies2.nytimes.com/2007/03/30/movies/30robi.html?ref=movies)

:cool: xxx


De mouseland a 2 de Abril de 2007 às 13:05
Olá Raf, :grin::mrgreen::grin:

Olha o entroncamento entre a utopia e a distopia fica algures na Terra do Nunca, para lá do sol posto :wink:. Olha o filme tem mesmo muita paprika principalmente se tiveres nove anos e adorares mixórdias e experiências bizarras em laboratório caseiro! O jornalista que citas prefere o "Chicken Little" a este filme "Meet The Robinsons"? Embora, claro, considere que o outro é junk animation..? :razz:! Eu também o achei miserável (o “Chiken Little”) mas não acho de todo semelhante a este e muito menos me parecem as recombinações (robots, heróis orfãos, etc., menos originais porque se tratam de citações a filmes para putos ou clássicos da Disney). Depois, Scott lá afirma: "Curiously, this last plot point yields the only visually interesting section of the movie, a brief sequence in which the much-ballyhooed 3-D technology is yoked to a dystopian architectural vision that recalls Japanese anime". Já lhe “topei” o estilo! :mrgreen::mrgreen::razz: Se aquilo fosse um mundo distópico sem qualquer arco íris o senhor se calhar apreciava mas como é demasiado pinky a coisa torna-se mais complicada?!??

Xxx mouse


De rafgouv a 2 de Abril de 2007 às 14:21
Não, Mouse, fui eu que descobrí o ponto mediano entre a utopia e a distopia: mede-se nas garrafas de whiskey e fica no meio termo entre o "meio cheio" e o "meio vazio"!!
Quanto a Mr. Scott, ele não disse que prefere o Chicken Little mas que este em termos de mediocridade não lhe fica nem abaixo nem acima, ou seja, muito mais próximo da distopia do que da utopia if you know what i mean.


De mouseland a 2 de Abril de 2007 às 14:46
Raf, :razz:

Não te consigo enviar e-mails, voltam todos para trás... já tento há imenso tempo...

Depois queria apenas lembrar-te que o John Lasseter (http://www.imdb.com/name/nm0005124/) é produtor executivo dos "Robinsons" e que o filme me recordou mais o "Toy Story" (1995, 1999) ou os "Incredibles" (2004) do que propriamente o "Chicken Little"!!! Mas eu fiquei algo fã do boneco/pintaínho de óculos de massa devo confessar e só me desiludi quando vi realmente o filme, muito ridiculo. Não tem nada a ver com este!

xxx mouse


De rafgouv a 2 de Abril de 2007 às 15:59
Yes Mouse, mas John Lasseter é sobretudo o novo chefão da Disney e é a esse titulo que produz este filme...
Só te honra defenderes as tuas opiniões! :mrgreen:


De rafgouv a 3 de Abril de 2007 às 08:54
Querida mouse, e já agora porque não nos fazes uma notinha sobre o belíssimo Lady in the Water de M. Night Shyamalan (desculpa como tenho cinema em casa não não pude esperar pelo teu empréstimo)? Aí sim, iamos ter polémica!

xxx


De mouseland a 3 de Abril de 2007 às 10:53
Hello Raf,

Por acaso até estava a pensar fazer, nós cá em casa adorámos! Talvez ainda faça hoje. :cool:

xxxx mouse


De rafgouv a 3 de Abril de 2007 às 15:49
:mrgreen: Great idea!


De tipografia a 5 de Abril de 2007 às 04:05
brilhante... houve consenso!?
:lol:


De mouseland a 9 de Abril de 2007 às 22:40
Olá tipografia, :mrgreen:

Vai havendo, sim, consenso. Hehehe.

xxx mouse


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds