Domingo, 1 de Abril de 2007
“MEET THE ROBINSONS”_ENTRE A UTOPIA E A DISTOPIA
therobinsons1.jpg

therobinsons.jpg

Meet the Robinsons de Stephen J. Anderson é um filme bastante bom para os mais novos aproveitarem durante as férias da Páscoa. Lewis, o puto órfão que inventa objectos mirabolantes parece no início pouco credível mas conforme se vai seguindo a trama o miúdo é de facto estimulante pela adopção da metáfora “segue em frente” e pelas suas constantes crises de auto estima. As acções de Lewis, que pretende inventar um scanner de memórias que lhe permita recordar a mãe que o abandonou, vão definir o futuro do mundo, uma utopia ou uma distopia, onde a tecnologia e as suas invenções podem servir bons ou maus fins mas, ao contrário das acções, podem sempre ser corrigidas (consertadas). A história baseia-se no clássico de William Joyce, A Day with Wilbur Robinson, e, no segundo filme 3D da Disney, somos transportados para o mundo “líquido” da família Robinson ou para as obscuras estruturas metálicas (que lembram as sentinelas de Matrix) que escravizam os homens. Este mundo distópico é personificado pelo homem do chapéu e pelo seu diabólico companheiro(a), Doris (uma criação de Lewis). 

Os cenários de Meet the Robinsons adoptam técnicas típicas da Disney dos anos 40 e 50 e a estética do filme caracteriza-se por zonas largas de cor plana e sombra o que colocou inúmeros desafios aos criadores do jogo do mesmo nome criado pela Disney em parceria com a Avalanche Studios. Sobre este assunto este artigo da Computer Graphics mostra bem como o desafio foi resolvido.


tags:


De mouseland a 2 de Abril de 2007 às 13:05
Olá Raf, :grin::mrgreen::grin:

Olha o entroncamento entre a utopia e a distopia fica algures na Terra do Nunca, para lá do sol posto :wink:. Olha o filme tem mesmo muita paprika principalmente se tiveres nove anos e adorares mixórdias e experiências bizarras em laboratório caseiro! O jornalista que citas prefere o "Chicken Little" a este filme "Meet The Robinsons"? Embora, claro, considere que o outro é junk animation..? :razz:! Eu também o achei miserável (o “Chiken Little”) mas não acho de todo semelhante a este e muito menos me parecem as recombinações (robots, heróis orfãos, etc., menos originais porque se tratam de citações a filmes para putos ou clássicos da Disney). Depois, Scott lá afirma: "Curiously, this last plot point yields the only visually interesting section of the movie, a brief sequence in which the much-ballyhooed 3-D technology is yoked to a dystopian architectural vision that recalls Japanese anime". Já lhe “topei” o estilo! :mrgreen::mrgreen::razz: Se aquilo fosse um mundo distópico sem qualquer arco íris o senhor se calhar apreciava mas como é demasiado pinky a coisa torna-se mais complicada?!??

Xxx mouse


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?



Email

Password



Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds