Sábado, 24 de Junho de 2006
REGRAS DE JOGO_APROJE E CHRIS CRAWFORD
regras de jogo1.jpg

No momento em que se investe na tentativa de inserir Portugal nos estudos académicos sobre jogos electrónicos há duas coisas que não entendo: uma é o design dos sites da APROJE e da GAMES 2006 outra é o convite dirigido a Chis Crawford. 

No primeiro caso, penso que o investimento na imagem da associação é fundamental e que a forma como o site desta está concebido não faz justiça às intenções da mesma. Não é que em termos internacionais as associações de jogos tenham sites concebidos com alguma sensibilidade gráfica… mas que as melhores coisas que se fazem actualmente nesta área são acompanhadas por direcções de arte sofisticadas, rigorosas e sérias é uma evidência. O aspecto da associação deveria acompanhar, parece-me, estas tendências mais inovadoras onde o design da interacção e a interface adoptam arquitecturas mais sofisticadas. Em alguns casos, como o da revista nórdica gamestudies, basta um investimento na composição e nas fontes escolhidas para se perceber que quem concebeu aquela grelha tem cultura de design. O projecto gráfico para o ciclo de conferências “A ciência e a cidade“ pode ser uma pista. 

O que me leva à segunda questão: porquê Chris Crawford? Numa época em que propostas de leitura absolutamente fundamentais na área do design de jogos nos surgem do MIT pela mão da dupla de designers Katie Salen e Eric Zimmerman, de Jesper JuulHenry Jenkins e outros, mas também da Universidade do Minnesota com o novo título de Alexander Galloway (este livro ainda não li mas aguardo a sua recepção a qualquer momento e dele recebi as mais elogiosas referências) não entendo porque insistir no Mister Chris Crawford. Com o devido respeito, como pioneiro e histórico incontornável na área, o seu livro The Art of Interactive Design foi, no meu caso pessoal, de leitura penosa. O autor incorre em imensas ingenuidades e não tem a cultura transversal e interdisciplinar que outros designers já demonstram. Os dois livros da dupla Salen & Zimmerman são absolutamente extraordinários na forma como problematizam uma emergente aprendizagem curricular, ou seja, os designers da game art devem adquirir conhecimentos na área dos media studies, da teoria da literatura mas também das ciências sociais, das ciências da computação, cibernética, teoria de jogos e probabilidades matemáticas. Um mundo vasto de conhecimentos que se abre apenas para aqueles que adoptam a educação como forma de vida. Nas edições que Steven Heller coordena sobre a educação do design esta “cultura do conhecimento transversal” propõe mesmo licenciaturas de seis anos e Lev Manovich mencionou reformas curriculares de oito anos. Numa altura em que Bolonha é o mote de discussão é caso para se dizer que finalmente vamos chegar à situação dos EUA e da Grã-Bretanha, universidades que enchem chouriços e escolas de luxo só para alguns. Não sei se é motivo de orgulho!


18 comentários:
De beaver project a 26 de Junho de 2006 às 14:26
Subscrevo!
... para qdo um site à altura dos seus propósitos?


De mouseland a 26 de Junho de 2006 às 15:57
Beaver project,

Estive no site e também à procura de referências sobre o projecto beaver ("googlelizei"-vos). É um trabalho de uma só pessoa, um colectivo? Estão ligados à Universidade de Aveiro? Não há dúvida que a blogolândia ajuda na comunicação de interesses comuns.

XXX rato


De beaver project a 27 de Junho de 2006 às 12:17
Boas
Beaver Project é um projecto pessoal que tem por objectivo criar e desenvolver soluções gráficas.

Preocupado com o processo criativo, disponibilizo serviços na área do web design, design gráfico, ilustração, fotografia e consultoria.

A identidade é um conceito chave para argumentar a minha intervenção… uma intervenção que tem o propósito de explorar e adaptar a técnica à afecção na procura de soluções que melhor se adaptem e enquadrem num mercado cada vez mais competitivo e exigente.

morada: www.beaverproject.com
__________________________________

Quanto ao projecto de investigação:

Desenvolvo tese de mestrado sob o tema:
“Ludologia e Super-heróis” - A figura do Spider-Man no contexto do pensamento clássico.

Apresentação

A tese tem por objectivo estudar a figura heróica de Spider-Man de modo a analisar em que medida este se relaciona com o mito clássico, tendo como enquadramento geral a representação numa análise comparativa entre a cultura clássica e a cultura do vídeojogo do século XXI.

BLOG´s:

http://ludologia.blogs.ca.ua.pt

http://superheroi.blogspot.com

www.superheroi.com

Fica Bem
Pedro SIlva


De mouse a 27 de Junho de 2006 às 14:05
Ah agora percebi que o beaver é o Pedro Silva. Já tinha visitado o blog do Pedro Silva na UA sobre super-heróis mas não sabia que eram duas identidades da mesma pessoa ;-). Entretanto também já entendi que somos colegas de "Nova", hehehe. O assunto da tese parece muito interessante. Quem é orientador(a)?

xx mouse


De beaver project a 27 de Junho de 2006 às 14:25
Orientador da tese: Luis Filipe Teixeira


De beaver project a 27 de Junho de 2006 às 16:33
agora que sei que somos colegas... explica la isso ... que tema trabalhas para a tese? Esta feita?


De Bruno Júlio a 27 de Junho de 2006 às 17:31
Olá!
Patricia, o teu nome não me é estranho. Também na Nova e provavelmente fomos colegas. Foi o "Beaver" que me deu o link do teu blog... Viva a blogoesfera!


De mouse a 27 de Junho de 2006 às 17:54
Olá a ambos,

Eu esclareço: colegas de faculdade. Eu estou há três anos a fazer tese de doutoramento em medias interactivos/videojogos como bolseira da FCT. "Joga outra vez, objectos interactivos que contam histórias inteligentes" sob orientação da Profª. Maria Teresa Cruz. Primeiro estive dois anos como bolseira da FCT no CECL (centro de estudos de comunicação e linguagens da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova). Assisti a alguns seminários do programa de doutoramento e é provavelmente daí.

http://www.atmosferas.net/pt/gas02_0.asp?id=780

xxx mouse


De mouseland a 27 de Junho de 2006 às 18:14
Bruno,

O teu blog é "Firefox dependente"? No explorer aparece todo desconfigurado o que é uma pena. Eu brevemente faço um especial sobre ambos os blogues :wink: Obrigado pelas informações.

xxx mouse

xxx mouse


De beaver project a 27 de Junho de 2006 às 20:43
Boas mais uma vez!
Parabéns pelo tema...quero mesmo ver essa tese!

Permite-me um pequeno reparo. Nos livros que divulgas entre os quais o importantíssimo "Cybertext : Perspectives on Ergodic Literature" do Aarseth, temos já uma versão Portuguesa que tenho todo o interesse em divulgar porque a paginei e porque é um trabalho do Luís Filipe Teixeira, editada pela recentemente falida Pedra de Roseta. Embora não tenha um link para te dar, dado que o site da editora já foi ao ar, fica a dica pois parece-me relevante.

Fica bem
Pedro Silva


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds