Domingo, 9 de Dezembro de 2007
PEÕES EM JOGO_CINISMO E PROPAGANDA
lionsforlambs.jpg

lionsforlambs1.jpg

Não vale a pena perder tempo nem dinheiro com o novo filme de Robert Redford, Lions for Lambs ou Peões em jogo (2007), sobre a guerra ao terrorismo e a intervenção no Iraque. Uma lição de auto consciência que chama a atenção para a cumplicidade colectiva na construção dos esquemas e das estratégias de guerra: “cynical politicians, lazy reporters, apathetic students, self-satisfied baby boomer intellectuals -- in the failure of the Iraq war, so it pairs a cynical politician with a lazy reporter, an apathetic student with Robert Redford (he makes a very unconvincing professor), and has them make them. Meanwhile, a pair of underprivileged but uncommonly gifted soldiers prepare to die heroically in an Afghan ice field as the white characters discuss the pros and cons of various philosophical positions” (Chocano, 9 de Novembro de 2007, Los Angeles Times). 

Peter Bradshaw no Guardian (Novembro, 2007) não é mais piedoso: “Until seeing this, I thought that the most condescending and toe-curling liberal response to 9/11 was the notorious special edition of TV's The West Wing, in which the characters self-importantly addressed a visiting group of schoolchildren on all the attendant issues - and effectively talked down to the audience in the same way. But Lions for Lambs is far worse: dull, inert, schoolteacherly, desperately self-conscious in its exposition of the issues - and with hogwhimperingly bad performances. Golden-haired Robert Redford, 71 years young, looks like some kind of animatronic model made out of wood, and whingey, snuffly Meryl Streep is supremely annoying. Tom Cruise, however, does deliver something like the right combination of sinister ideological commitment and flesh-pressing charm”.


Por estas e por outras razões, que nem vale a pena salientar, não é um filme que se recomende. Um documento cínico e propagandista sobre o cinismo e a propaganda repleto de auto consciência.
tags:


De migalha a 24 de Dezembro de 2007 às 15:07
Bem, juntam-se três "cabeças de cartaz", um canastrão Tom Cruise, uma cansada e em fim de carreira M. Streep e um simpático mas vazio Redford e cozinha-se um filme (?) moralista com um tema da moda. É tudo de uma vacuidade tremenda. Os dois broncos que se alistam e vão para a guerra pois querem dar o exemplo (isto de andar a matar gente lá por terras do Afeganistão é cá um exemplo...) e que morrem de pé, de mãos dadas, orgulhosos filhos do tio Sam, perante os bárbaros, o simpático e plástico professor a tentar "educar" o puto rebelde (presume-se que no fim, qual iluminado, o imberbe vê finalmente a luz ao fim do túnel que o messias lhe indica - não há pachorra) e a ridícula entrevista em que a jornalista se apercebe do logro que é o "seu" senador e depois vai carpir as mágoas com o chefe de redacção entretanto aburguesado (só faltou fazerem sexo ao vivo no cubículo da redacção para apimentar a coisa). Tudo uma verdadeira perda de tempo e ... dinheiro. :mad:


Comentar:
De
Nome

Email

Url

Guardar Dados?



Email

Password



Comentário

Máximo de 4300 caracteres




.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds