Quinta-feira, 7 de Fevereiro de 2008
“O LADO SELVAGEM”_UM FILME CHATO CHEIO DE MITOLOGIAS
intothewild2.jpg

intothewild1.jpg

O Lado Selvagem (Into The Wild) realizado por Sean Penn (2007) é um filme chato e bastante tonto. Um pastelão daqueles que duram, duram e nunca mais acabam. Boas paisagens num retorno ao mito do bom selvagem mascarado de bons costumes e intenções. A Natureza com “N” grande por oposição à civilização e à vida em sociedade num discurso sobre o lado selvagem da vida de um vagabundo. O menino rico, a biografia de Christopher McCandless foi primeiro trabalhada pelo jornalista Jon Krakauer, que recusa a vida em sociedade para se aventurar no Alasca e assim acaba por morrer intoxicado por umas “ervas” (plantas) que interpretou de forma errada a partir de um livro de espécies vegetais. Depois de deambular entre comunidades hippies, descer rápidos de canoa e penar de fome num autocarro o rapaz, num processo de grande iluminação, compreende que a verdadeira felicidade tem que ser partilhada. Uau! Uma sabedoria da vida natural agora apadrinhada por Sean Penn num registo tremendamente naif e repleto de mitologias sobre o que há ainda de natural na natureza. Perigosas colagens a discursos sobre a globalização e afins fazem do filme um equívoco tremendo.

A história real do rapaz que se desembaraça de dinheiro, objectos e família para ir à descoberta da experiência da vida selvagem foi trabalhada pelo jornalista, Jon Krakauer, numa narrativa da glorificação do capricho. Logo na altura da morte do jovem de vinte e poucos anos, como assinala Dóris Graça Dias no artigo “Aventura sem Guião” (jornal Expresso, caderno Actual de 26 de Janeiro de 2008): “(…) vários artigos de imprensa se dedicaram ao caso, enquanto parte da opinião pública considerava o tema secundário, pois o que estaria em causa era uma atitude irresponsável, de um jovem inadaptado e algo pretensioso, lançado numa aventura sem sentido e de consequências dramáticas, não fora a sua imaturidade. Heroísmos sem grandeza, portanto.”

Ao contrário desta facção da opinião pública que defendeu um certo bom senso em relação às narrativas “da vida real” outros lembraram-se de glorificar o rapaz e transformá-lo num poeta do espaço natural. Enfim… há gostos para tudo mas eu certamente alinho com a ideia de que este vagabundo de elite não tinha nada de especial para lá de uma incapacidade social que deveria ter sido devidamente diagnosticada. Sofríveis são as alusões familiares aos traumas que torturaram a consciência frágil daquele jovem. Afinal, vamos percebendo que o pai e a mãe do “menino” selvagem não reconheciam a relação que tinham um com o outro o que fazia dos filhos, Christopher e uma irmã com quem este tinha uma boa relação, bastardos (!!!). Os pais do rapaz discutiam imenso à frente dos filhos e viviam atormentados pelo trabalho. O filme é um mundo às avessas que faz de uma família normalíssima um lugar de inquisição da realidade num movimento que tenta glorificar o lado “wild” do filho para condenar os pais como demasiado “normais”. Não é infantil esta história? Já não há saco para estas narrativas! O filme vale pela cena do urso que aparece para atormentar o viajante. Esperto, como só os ursos sabem ser, ignora completamente aquela criatura. E eu que estava cheia de expectativas em relação ao filme...

intothewild.jpg
tags:


16 comentários:
De anita a 7 de Fevereiro de 2008 às 20:59
:twisted::twisted:
Bem, este filme é uma GRRRRRRRRRRAAAAAAAAAAAANDEEEEEEE PEDRA! Não liguem ao que diz este blog. GRRRRRRRRRRR


De anita a 7 de Fevereiro de 2008 às 21:00
:evil::evil::evil::evil:
GIIIIIIIIIIIIGAAAAAAAAAAAAAAAAAA MMMMMMMMMMMMOOOOOOOOOOOOOOOOKKKKKKKKKKKKKKAAAAAAAA


De mouseland a 8 de Fevereiro de 2008 às 00:00
:twisted::evil::twisted: Também tu Anita decidiste perseguir-me... não basta a petição contra a mouse? Qui injusticia, diria o calimero. xxx mouse


De rafgouv a 8 de Fevereiro de 2008 às 09:25
:mrgreen: Não quero ser advogado da anita que me parece saber defender-se bem sózinha mas não estarás tu mouse a sentir um pequeno complexo de perseguição? A anita limitou-se a discordar de forma bem expressiva, não é propriamente um ataque e ainda menos uma perseguição...

xxx


De mq a 8 de Fevereiro de 2008 às 10:32
Caros: estou solidária com a anita. quem se atreve a maldizer o lado selvagem? GRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR:twisted: Bolas para tanta má lingua. :evil::evil::evil::evil:
MK


De SPB_sindicato dos profissionais de blogs a 8 de Fevereiro de 2008 às 13:16
Exmos. Senhores (a quem de direito interessar),

Vimos por este meio expressar o nosso desagrado em relação à forma desumana com que a nossa sócia nº 5590, mouse da mouselândia, tem sido tratada neste blog. Alertamos para o trabalho árduo, dura crítica e escrutínio a que os nossos profissionais estão sujeitos arriscando muitas vezes a vida familiar, perdendo horas de sono e desenvolvendo um trabalho continuado de grande desgaste.

Neste contexto, vimos ainda tornar público que a nossa sócia entrou num retiro espiritual no Alentejo hoje de madrugada junto da comunidade alemã de Arcos da Fronteira. Ali, mouse terá oportunidade de repousar condignamente e receberá um tratamento alimentar de primeira escolha: sementes de girassol, grão-de-bico e alface roxa fazem parte do tratamento capilar a que aderiu assim como sumos de abacate e batata-doce a vão ajudar a ganhar peso.

Lembramos que a nossa associada pode usufruir deste programa do SPB (sindicato dos profissionais de blogs) no âmbito do acordo de acolhimento para profissionais em stress, com menos de 40 K, que fizemos com o Retiro de Arcos da Fronteira. Neste sentido, mouse receberá este tratamento de forma gratuita pelo que se encontra actualmente de baixa.

Por ultimo, gostávamos de salientar que foi constituída uma gestão para este blog, a cargo de uma equipa de voluntários da blogoesfera, pelo que o serviço será assegurado dentro da normalidade nos próximos dias.

Sem outro assunto de momento, subscrevemo-nos com elevada consideração,

Adriano Paiva Gonçalves
Administração do SPB (Sindicato dos Profissionais de Blogs)


De rafgouv a 8 de Fevereiro de 2008 às 14:10
:sad::sad:
Obrigado pelo esclarecimento, Sr. Gonçalves, pelo teor das últimas contribuições da sócia do seu sindicato já tinhamos depreendido que estava, como se costuma dizer, "à beira de um ataque de nervos".

Ficamos a torcer por uma rápida convalescença e aproveitamos para pedir a todos os participantes que se abstenham de utilizar GRRS e outras onomatopeias que podem causar graves alergias e outras reacções psicossomáticas. :shock::shock:

As melhoras para a nossa boa mouse! É feio ignorarmos a extremosa dedicação da nossa santa e humilde anfitriã. Não é com Calimeros que deve ser comparada mas com figuras destacadas como Irmã Lúcia ou Bernadette Soubirou!! Respect!


De andrade a 8 de Fevereiro de 2008 às 14:31
xiiiiiiiii.... conseguiram correr com a mouse....... estou indignado. Gostei do movie mas não é por isso que venho para aqui cascar na mouse, oh anitas, deixa-te de coisas! xiiii este pessoal anda todo violento. Andrade


De mouse a 8 de Fevereiro de 2008 às 17:49
Queridos amiguinhos,

Dado que o meu retiro está a gerar tanta polémica tive autorização para vir aqui ao centro comunitário deixar umas notinhas. Ai, este cheiro a mimosas é delicioso! Hoje, logo pela manhã, andei de canoa no açoude local e avistei umas lagartas da couve, um coelho, dois cães rafeiros e algumas cegonhas. Tenho que vos pedir o mais sincero perdão pelas declarações proferidas ontem neste post sobre a mãe natureza. Hum... estas madresilvas têm um cheiro delicado! Estava certamente intoxicada pelo tubo de escape, pelo fast food e pelo excesso de adrenalina... tudo efeitos da grande cidade Lisboeta... entretanto só num dia recuperei a cor da pele e já um pouco de peso... canjinha de ervas silvestre, pão de forno de lenha e leite de vaca fresco. Mudem-se para cá numa adesão à causa de Olaff! Bem haja amiguinhos, vossa devota mouse


De CA_controlo de audiências a 8 de Fevereiro de 2008 às 18:48
Sem querermos levantar qualquer suspeição pensamos que este retiro da gestora deste blog é mera simulação. Ontem a mouselândia foi alertada, pelo nosso painel de especialistas, que as audiências do blog poderiam cair em 50 % devido às opiniões proferidas no último post. Hoje ainda, numa manobra do tipo volte face, a gestora do blog desaparece e dá o dito pelo não dito. Há aqui algum procedimento estranho, não? Pensamos que o SPB está receoso de perder algumas cotas de mercado e arquitectou uma manobra de diversão no sentido de manter os page views deste lugar.

Atenciosamente,

Josefina Araújo,
Gestora de Controlo de Audiências


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds