Terça-feira, 14 de Abril de 2009
DOIS LIVROS FUNDAMENTAIS: FIRST (2004) & SECOND PERSON (2007)
firstperson.jpg

Se tivesse que escolher dois livros para contextualizar as discussões à volta dos conceitos chave da cultura digital durante a última década escolhia certamente estes dois: First Person, New Media as Story, Performance and Game, editado por Wardrip-fruin & Harrigan (MIT Press, 2004) e Second Person, Role-Playing and Story in Games and Playable Media editado pelos mesmos autores (MIT Press, 2007). Ambos os livros contextualizam, quanto a mim, os temas fundamentais para um melhor entendimento da cultura digital, aprofundando aspectos relacionados com factores performativos, ficcionais mas também associados ao design e à criação de espaços artísticos de fruição e prazer. Opta-se por uma análise abrangente de aspectos associados à criação de plataformas lúdicas para múltiplos participantes tendo em conta projectos inovadores do ponto de vista da simulação processual como uma narração, isto é, como um processo implosivo no qual acção e narrativa estão intimamente associadas.

secondperson.jpg

Através da opinião de um conjunto vasto de protagonistas a trabalhar na área dos media interactivos como, por exemplo, Espen Aarseth, Mark Bernstein, Markku Eskelinen, Mary Flanagan, Gonzalo Frasca, Diane Gromala, N. Katherine Hayles, Henry Jenkins, entre outros, encontramos, no primeiro “volume”, First Person, New Media as Story, Performance and Game, um conjunto de possíveis inspirações sobre o problema dos jogos e da história, da acção e da narração. Este debate, personificado por duas formas distintas de compreensão do mundo interactivo, a saber, a narratologia e a ludologia, foi fundamental para definir e contextualizar de forma menos generalista as ficções electrónicas presentes nos chamados Playable Media, promovendo leituras interdisciplinares que tivessem em consideração contributos provenientes da teoria da literatura mas também do cinema, do teatro e das artes visuais. Hoje ambas as “escolas” tendem a associar-se e as discussões geradas (o próprio livro está construído de forma participada com artigos, respostas aos artigos e replica às respostas) parecem resolvidas e arrumadas. Podemos, no entanto, considerar que, por um lado, a distinção entre ludologia e narratologia assenta em certa medida num equívoco e que esta polémica se tornou, a dada altura, sem sentido pois baseava-se em diferentes acepções sobre o conceito de narrativa. Por outro, as reflexões elaboradas tanto pela vertente americana como nórdica, contribuíram sem dúvida para um aprofundamento de questões associadas à percepção e à recepção das ficções digitais. O livro é divertido e apresenta uma perspectiva bastante abrangente sobre os temas fundamentais para a investigação na área da interacção humano-máquina

O segundo “volume”, Second Person, Role-Playing and Story in Games and Playable Media, é igualmente estimulante e ajuda a compreender as relações entre o “teatro do improviso”, os happenings e performances inerentes à interacção do jogador com o sistema da simulação, e a ficção imbuída nos textos presentes nos media digitais. A forma como os diversos artigos disponíveis analisam a relação entre a acção e a história é ampliada pela incursão por jogos de cartas do tipo RPGs, jogos de realidade alternativa (ARGs), simulações políticas, locative media e ficções electrónicas. O livro apresenta um amplo conjunto de opiniões e formas de conceber argumentos interactivos e conta com o contributo de Ian Bogost, Greg Costikyan, Jeremy Douglass, Nick Fortugno, Lev Manovich, Michael Mateas, Jane McGonigal, Jordan Mechner, Talan Memmott, Steve Meretzky, Nick Montfort, Torill Mortensen, Stuart Moulthrop, Robert Nideffer, Celia Pearce, Marie-Laure Ryan, Jill Walker, Eric Zimmerman e tantos outros. Vale mesmo a pena encomendar estas duas “pérolas” pois se por vezes não são fáceis de ler no final saímos certamente muito enriquecidos e menos propensos a generalizações bacocas. Recomeda-se e espera-se ansiosamente o terceiro "volume".


.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds