Sexta-feira, 10 de Novembro de 2006
MAKING OFF_BLOGONOVELA DE INVERNO_TAKE 2
arvorela2.jpg

A blogonovela de Inverno não podia estar mais bem encaminhada. Neste momento contamos com a possível entrada em cena da menina Zulmira Maria e do seu esposo Jota Mercido bem como dos dois filhos do casal, Dalida de doze anos e Fábio de catorze. O elenco conta ainda com a participação de Fany Miranda num papel ainda a definir, com a intervenção de Gingko Biloba, da “grande família vegetal das gimnospérmicas”, e com a eventual inclusão de alguns elementos angiospérmicos que representam “uma família muito mais evoluída, filogeneticamente falando, produzindo flores para a reprodução, sendo que muitas (…) também são espécies dióicas, com sexos separados, requisito que julgamos essencial aos bons costumes”.

A bela Zulmira apareceu do acaso e disse: “sou uma pessoa simples, mas com ambições, de estatura razoável, mas não mais que o necessário, não fumo, tenho um cabelo longo, nada rebelde que permite as mais variadas intervenções artístico capilares, tenho uns olhos cor de avelã, estilo nutella, e sei comportar-me em público”. O seu marido Jota Mercido assegurou: “sou um homem bom meus senhores mas não posso mais ver os meus filhos (…) sem comida no prato enquanto a mãe parece que veio do Brasil… sempre a dizer que não pode estragar as unhas…” Fany Miranda definiu-se nestes contornos: “todos os dias tenho contactos com seres de outros mundos que me contam novidades sobre o futuro da humanidade. Por favor aceitem a minha palavra e deixem-me aplicar os meus poderes na vossa novela”. 

António salientou: “dado o seu perfil, honrado trabalhador de uma oficina, incapaz de preparar uma simples refeição para os meninos e pouco amante de telenovelas, confesso-me perplexo pela capacidade demonstrada no manuseamento destas novas tecnologias - refiro-me à Net, claro.” A fada*do*lar mostrou-se surpreendida com os avanços do scipt: “nada como estar uns dias off e no regresso encontrar esta tamanha animação! André disse: “eu gostei da atitude da nossa amiga Zulmira, para além da bisca também deve ser adepta fervorosa (…) da bela sardinha”. Mister p alertou para a dificuldade de penetração num mercado tão concorrencial: “a concorrência é enorme e devemos primar pela elegância e pela diferença”. Neste sentido, deixou alguns elementos de reflexão (aqui) e produziu os primeiros spots de divulgação mediática, (aqui e aqui). Não percam os filmes!

Basta ouvir os bits da pulsação de Fábio, “Ei! tdo bem? cum é.. os cotas í dess lado tudo em cima? pá, ppl vi a minha velha práki a teclar umas cenas pra voçes efikei a saber k andam numa de arranjar ppl pa uma cenas”, para percebermos que a história tem potencial narrativo.
tags:


48 comentários:
De Jota Mercido a 11 de Novembro de 2006 às 18:12
Exmos. Senhores do Show Business,

Fico muito engrandecido e agigantado com todas essas considerações sobre a minha família e sobre os meus dominios da informática e isso. Aprendi com o meu Fábio que sabe macotes de informação sobre estas coisas. Pronto! Esta semana trabalhei durante a noite como segurança de um banco (trabalho extraordinário) e sobre esse assunto de não tratar dos meninos, meu amigo senhor Dr. António, lá em casa quem passa a roupa sou eu, com comezaínas é que não me meto pois tenho pêlos e alergias que me bastem e fui afastado dos talhos por um doutor que me disse que talhos e óleos não conviviam. Agora a minha Maria está a trabalhar partimes e bem podia tratar da janta sem grandes marés... não fosse o verniz sempre a estalar...

Se a minha Maria quiser que toda a família alinhe nessa novela eu talvez possa estar convencido, desde que ela não ande a lambuzar a cara de outros! Essa coisa de ensinarem o desgraçado do meu Fábio a resolver o problema de conversação dele pareceu-me muito boa e isso é que me deixa convencido. A Zulmirinha que decida da sorte desta gente, quanto ao que se passava na Beth era mais ou menos assim, vossas senhorias, sabem o marido dela morria à frente da moiça e ela via aquilo e ficava viciada em telenovelas, ela já era mas ficava mais... e depois só queria privar lá com um actor e assim e tinha a vida toda desfeita... isso é que eu não quero que acontece à minha Maria.

bem hajam vocês todos,

Jota Mercido


De António a 11 de Novembro de 2006 às 22:38
Desculpem se me engano, mas ainda nada sabemos dos atributos da menina Dalida. Apenas que tem 12 anos.
Será possível mais alguma informação?


De António a 11 de Novembro de 2006 às 22:59
Exmo Senhor Jota Mercido

Não sei onde foi V. Exª buscar o título de Dr. com que me distingue. Não que o não mereça, diga-se em abono da verdade, já que muitos há, dele detentores, que não lhe fazem justiça. Se a escola da vida o justifica, mais do que doutor serei, isso sim, Professor, com letra maiúcula, pois claro.
Por vezes, é de onde menos se espera que vêm estas distinções. Saberá V. Exª que em matéria de doenças poucos me levam a palma, no que ao quebranto diz respeito. O quebranto, sim senhor. Ninguém, ou poucos como eu, sabem como o tirar...Mas isso serão outras histórias.
Quanto à habilidade para passar a ferro, saiba V. Exª que é, sem dúvida, mais valia para o papel que se lhe reserva nesta blogonovela. Essa e outras que, porventura, possui, a avaliar pelos seus escritos, sempre tão elucidadores.
Poderá V. Exª ficar descansado quanto à necessidade que viremos a ter de que a senhora sua Maria lambuze a cara de alguns malandros, utilizando expressão sua. Todos terão de apresentar atestado médico de sanidade, física e mental, pois a isso obrigam as regras de Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho, fixadas em Directiva-Quadro da União Europeia, que nos rege. Atestado esse que será válido, não apenas para as caras, mas para todo o resto do corpo, porque as exigências do papel que caberá à senhora sua esposa com outras áreas corporais poderá obrigá-la a contactar mais de perto. Sempre dentro do maior respeito, pois claro.
Ficando a aguardar resposta, que se deseja afirmativa, de V. Exª, aproveitamos para lhe endereçar votos de um bom fim-de-semana.


De Jota Mercido a 12 de Novembro de 2006 às 00:04
Exmo. Senhor professor António, advogado do Show Business,

Sabe que eu disso de advogados e de professores ou doutores não percebo nada mas fico muito satisfeito que o senhor possa tratar disso da Sigurança, Higiene e Saúde no Trabalho, fixadas em Directiva-Quadro da União Europeia, nunca sai de Portugal quisso da Europa é muito para mim, que eu nada sei dessas coisas... o que eu sei é que em matéria de português o meu Fábio não dá uma na caixa e que a minha Dalida conversa e escreve muito bem. Ela é que escreve aqui no computador com forme eu vou falando para o senhor quando estou a passar a farda lá do banco.

Eu queria era saber se a minha Zulmira se compromete a participar na novela que a minha Dalida é uma boa menina e também quer participar. É uma moça muito jeitosa mas usa aparelho nos dentes e tem borbulhas, depois é a carinha da mãezinha, olho de amêndoa e tudo. Olhe professor António eu tenho agora que ir vestir a minha farda para ir render lá no banco mais uma noite. Amanhã tou de folga e volto a escrever-me com o senhor.

Muito agradecido por essas ideias todas, bem haja e um santo fim-de-semana com os seus.

Jota Mercido


De mouse a 12 de Novembro de 2006 às 19:51
Caros Jota M. e António, :mrgreen::smile:

Estou a ver que os preparativos para a novela de Dezembro estão em andamento e que os detalhados estão cada vez mais especificados. Basta apenas confirmar a participação da menina Zulmira e perguntar à fada se há qualquer oposição da parte dela em matéria da Fany Miranda fazer de fadinha... de resto mãos à obra!

xxx mouse:mrgreen:


De Face lift a 12 de Novembro de 2006 às 23:43
Exmos Srs.

Na qualidade de produtor do novo reality show em preparação para estreia na TV Portuguesa, o "Face lift", venho por este meio solicitar a V. Exas. se dignem ponderar a hipótese de, no decorrer da blogonovela, ser a protagonista uma das candidatas ao face lift, um conjunto de intervenções, cirúrgicas e não cirúrgicas, tendentes a melhorar o visual, aumentando a auto-estima.
Somos um programa com créditos, já testado e a decorrer no canal SIC Mulher, em que as candidatas seleccionadas são submetidas a vários procedimentos, que envolvem cirurgia estética, tratamentos dentários e dermatológicos, cuidados capilares, etc, sempre com os melhores especialistas, de renome mundial. No final, ausentes de casa cerca de 2 meses, são apresentadas aos familiares e amigos, numa cerimónia cheia de emoção e glamour.
Pensamos que a colaboração proposta poderia vir a acrescentar mais-valias a ambos os programas e seria uma excelente oportunidade para alargar o âmbito de actuação do Face lift, agora no espaço da blogosfera.
Certos de que o desafio ora lançado despertará em V. Exas. toda a curiosidade e vontade de participação, manifestamo-nos totalmente disponíveis para fornecer todos os esclarecimentos que V. Exas julguem pertinentes.
Com os melhores cumprimentos

Nic Ento


De fada*do*lar a 13 de Novembro de 2006 às 05:37
(Ai, desculpem-me o atraso mas ando cheia de compromissos urgentes lá na fairyland)

1ª SUGESTÃO
O PRÓPRIO TÍTULO DA NOVELA
Se chegarmos a acordo quanto à contratação da nossa querida Zulmira – ZuZu por nome artístico – poderiamos considerar a alteração do nome Arvorella (um pouco óbvio, penso) para ZUZURELLA! Bastante mais musical e de fácil impregnação nos ouvidos e memória dos leitores.
Como devem reparar este título também nos remete para a clássica ZARZUELA, um estilo de ópera em que a mistura e diversidade de personagens, géneros e estilos cria a sua identidade. A qual, parecem-me, tem o perfil que pretendemos para a nossa soap opera...

2ª SUGESTÃO
A ÁRVORE EM SI...
Confesso que os meus conhecimentos de botânica são limitados mas a escolha da espécie verdunga já está a causar alguns pruridos por aqui (na discussão do post inicial da Arvorella).
Pegando numa observação do Mr. António, e por associação de ideias, a fada*do*lar sugere que a árvore seja nem mais nem menos do que UMA REAL E ASSUMIDA, RICAMENTE DECORADA ÁRVORE DE NATAL!!! Que tipo de árvore se poderá adequar melhor à época em que a nossa novela estará no auge??? Não vos parece bem? Temos que acrescentar alguma fantasia!
Ainda para mais: teremos a hipótese de escolher entre múltiplos ornamentos brilhantes e luzinhas cintilantes para se desprenderem dos ramos e estatelarem-se (docemente...) no tótiço da nossa heroína!
Se irá ser um pinheiro mediterrâneo, um abeto ou pinheiro do norte... discutiremos esses detalhes mais adiante.

Pelas missivas trocadas entre o nosso prezado “advogado” e o Excelêntissimo Sr. Jota Mercido, tudo parece bem encaminhado. Mouse, vai preparando o aluguer do duplex nas Telheiras, que eu vou começar a tratar do guarda-roupa da Zulmirinha (se ela mandasse um retrato – pode ser photomaton – ajudava-me imenso...).
Esta última proposta vinda da SIC (só aceitamos depois de assinado um contrato a peso de oiro!), parece vinda a calhar para fazer murchar as borbulhas da carita da Dalila. Quanto aos arames nos dentes, se ela nunca abrir a boca, temos o problema resolvido.
Quanto ao Fábio... enfiem-no já num colégio privado com explicadores ao domicílio. Recuso-me a aceitar um pobre adolescente neste grau de analfabetização... Pobrezito!

Mouse, quanto à Fany... cheira-me a faneca.... hum....Não que eu reclame os direitos exclusivos de fada nesta bloglândia, mas o CV da menina parece forjado, ao estilo cartomante de barraca de feira.
Por mim sugeria uma personagem clássica de reconhecida fama, mérito e idoniedade! Não vou puxar a brasa à sardinha da Glinda... mas vai dai às tantas... :roll:


De fada*do*lar a 13 de Novembro de 2006 às 12:41
Consegui!
Finalmente a blognovela de inverno (bem... ainda fase teaser), está oficialmente anunciada na fadalândia!
Tragam a Zulmira!


De mouseland a 13 de Novembro de 2006 às 14:42
Caro Nic Ento,

Estava a pensar se a nossa protagonista não poderia ser "testada" num ensaio do seu programa sem ter que se inscrever como candidada. Digamos que seria conveniente que a Zuzu tivesse um tratamento especial e que isso poderia viabilizar o seu patrocinio que vem de encontro às nossas aspirações.

xxxx mouse

Cara Fada,

Vou tentar fazer um resumo do que temos até ao momento:

Zuzurela (nome da novela)
actriz principal: Zulmira Maria (a confirmar);
actor principal: Jota Mercido
actor secundário: Fábio José
actriz secundária: Dalida Mercido
Gingko Biloba no papel de uma gimnospérmica natalícia
Mister p: himself
António: himself
Mouse: herself
Fada: herself
Fany Miranda (governanta?)

Penso que seria conveniente que a árvore de Natal fosse uma gimnospérmica natalícia e assim Gingko Biloba representava esse papel. Penso que se encaixa e foge do óbvio. Digam de vossa justiça!

xxx mouse


De fada*do*lar a 13 de Novembro de 2006 às 16:29
Ora bem,
Se me permitem, cá vai o meu parecer:

Zuzurela (nome da novela)
ZUZURELLA!!! Com 2 eellees. Para fazer o racord à Cinderella, então, tem que ser...
Mas estão de acordo com a alteração?
Não queres levar a votos, Mouse?
actriz principal: Zulmira Maria (a confirmar); CHECK! Tem que ser ela!
actor principal: Jota Mercido CHECK!
actor secundário: Fábio José FIGURANTE! Não pode abrir a boca...
actriz secundária: Dalida Mercido FIGURANTE! idem... por causa do aparelho nos dentes...
Gingko Biloba no papel de uma gimnospérmica natalícia CHECK!
Mister p: himself CHECK!
António: himself CHECK!
Mouse: herself CHECK!
Fada: herself CHECK!
Fany Miranda (governanta?) CHECK! de carrapito e nariz postiço, sff.

Agora, isto ainda está numa teia muito familiar e fechada. Temos que arranjar mais personagens para criar a interactividade e a TENSÃO....
Pelo menos falta a bruxa/madrasta má e as duas filhas.
Um animal de estimação (nada de coelhos! hey!), talvez um mordomo e uma tia rica? :mrgreen:


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds