Sexta-feira, 27 de Julho de 2007
“O MUNDO ÀS AVESSAS”_MIGUEL PALMA

miguelpalma3.jpg


miguelpalma.jpg

A exposição “O mundo às avessas” de Miguel Palma que está patente na Culturgeste (Caixa Geral de Depósitos) até dia 2 de Setembro contribui bastante, quanto a mim, para a análise de uma obra consistente e bem estruturada, uma obra engenhosa e criativa. O artista-engenheiro mostra um conjunto de onze peças ou engenhos tecnológicos que formalizam uma critica sobre o poder dos dispositivos técnicos na sociedade contemporânea. As obras apresentam um carácter lúdico evidente e estão muito bem executadas do ponto de vista formal. Assim, o interlocutor que com elas se depara é convidado a reflectir sobre a cultura actual nas suas mais diversas vertentes e complexidades. Neste contexto, encontramos nestas “engenhocas” tecnológicas noções díspares que reflectem várias problemáticas. Encontramos artefactos que nos fazem pensar em mecanismos de regulação da percepção (olho mágico, 2003), utilização de transportes e sensibilidade ecológica (engenho, 1993 ou 2,5 Km a 100 à hora, 2001), urbanismo e planificação territorial (Carbono 14, 1998), subsistência do planeta e dos diversos ecossistemas vivos através da oposição entre o parque industrial e a zona residencial (Ecosistema, 1995), guerra e conflitos no espaço aéreo (Little Boy e Tapete Voador, 2005). Objectos nostálgicos que nos atiram de repente para outro lugar no espaço, como se voltássemos de uma reclusão prolongada num bunker e olhássemos a realidade “às avessas”.

Seria sublime poder olhar estas peças no exterior (rua) a partir de uma estrutura de vidro, uma redoma sobre a realidade do dia-a-dia. Como turistas desinteressados que passariam por estas obras olharíamos certamente para elas de uma forma menos "engajada" e o efeito poderia ser ainda mais eficiente. A sacralização museológica daria lugar a um efeito de presença tocável no dia-a-dia da cidade de Lisboa.

miguelpalma2.jpg

miguelpalma1.jpg

Com raízes evidentes no futurismo de Marinnetti e no dadaísmo de Marcel Duchamp as obras de Miguel Palma agora expostas na Culturgeste evidenciam uma superação do modelo do artista artesão e impõem concepções mais próximas da revolução tecnológica onde o design surge como uma mediação entre a arte e a tecnologia (Flusser, 1999). Estas obras contextualizam e são exemplos perfeitos do tema do artista como designer ou engenheiro. Sobre isto o texto de Miguel Wandschneider presente no jornal da exposição é útil e contextualiza de forma clara as relações que sempre se estabeleceram, mas que ganham novas configurações na contemporaneidade, entre arte e engenharia, arte e design. A não perder.


.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds