Quarta-feira, 19 de Março de 2008
“WEEDS”_ UMA VIDA SEM PLANO
weeds1.jpg

weeds.jpg

Acabei de ver a primeira época da série Weeds (Jenji Kohan, 2005) uma comédia negra bastante subversiva em matéria de argumento. Já tinha visto dois ou três episódios mas agora segui a primeira temporada de fio a pavio e gostei bastante do non sense inerente às aventuras e desventuras da viúva Nancy Botwin (Mary-Louise Parker). Depois da morte súbita do marido, Nancy, uma burguesa de subúrbio, para conseguir sobreviver e manter a vida privilegiada dos dois filhos dedica-se ao tráfego de erva na provinciana cidade de Agrestic, Califórnia. Os episódios da primeira temporada vão num crescendo hilariante que começa com o início da actividade ilegal da viúva acabando, depois de vários revezes, com a sua profissionalização no tráfego de maconha. 

Há uns tempos vi um interessante filme inglês, Saving Grace de Nigel Cole (2000), sobre a história de uma viúva dos seus sessenta e tal anos cujo marido se suicida. Esta senhora para resolver os problemas financeiros herdados e os quais desconhecia acaba a cultivar erva com a ajuda do jardineiro. O filme tem cenas bastante cómicas como a pedrada das amigas da protagonista na loja/mercearia da aldeia e o chá de “ervas” para um grupo mais vasto em casa da viúva. Uma comédia deliciosa sobre a complexidade da vida que acabei por rever em pensamento através desta série que foi beber certamente inspiração no filme. 

O ambiente de Weeds pareceu-me totalmente ambíguo pois se inicialmente sugere mais uma série leve do tipo Desperate Housewives logo se revela mais próxima, em matéria de argumento, de Six Feet Under. As personagens andam quase todas à deriva e cometem constantemente actos surrealistas e cómicos sem qualquer sentido. Por vezes fiquei angustiada pela crueza dos acontecimentos mas não consegui deixar de os enquadrar com humor. Uma situação sintomática da ironia da série é a crítica aos fármacos prescritos pelos médicos alegando que as drogas não legais fritam menos o cérebro do que os anti-depressivos. O tipo de argumento que seria de esperar de um drogado que não bebe água canalizada ou que não come alface lavada por estranhos. Tudo ali é aleatório e o sentido é sempre encontrado naquilo que menos óbvio parece. Como se não houvesse outro destino senão trilhar os dias sem plano. O Verão passado li um artigo que dizia que os chineses não acharam piada nenhuma à série Desperate Housewives porque tinham dificuldade em compreender aquele humor pois estavam longe de conhecer o vazio burguês. Ora, gostava bem de saber se esta série (Weeds) teve êxito por lá.




8 comentários:
De António a 20 de Março de 2008 às 00:09
Olá mouse. Bem vinda ao clube. Acertaste. Subversão é a palavra certa. Segui a série durante a exibição na 2. Excelente. Deixou saudades.
Sabes se há mais?


De mouseland a 20 de Março de 2008 às 13:27
:mrgreen::mrgreen::mrgreen: Parece que esta série já vai na terceira temporada. A segunda já está à venda em DVD e ontem quase encomendei na AMAZON mas depois decidi dar uma vista de olhos na FNAC. Estou com vontade de ver mais episódios. Achei mesmo divertida e por vezes fiquei boquiaberta. xxx mouse


De rafgouv a 20 de Março de 2008 às 17:23
:oops:
Não é preciso ser chinês para não achar grande piada à Desperate Housewives... Eu tive algum interesse para a 1a época mas depois desisti pois tenho tb impressão que é um universo que não me interessa muito explorar.
Em matéria de séries subversivas - ainda mais do que a excelente WEEDS - recomendam-se CALIFORNICATION, as 2,5 primeiras épocas de NIP/TUCK (vamos ver se a 5a volta a estar em forma), THE SHIELD e a inglesa SKINS...
Para os fãs de WEEDS, aconselho vivamente THE RICHES produzido e interpretado por Eddie Izzard (o da banda sonora de Into the Wild)...


De mouseland a 20 de Março de 2008 às 20:19
:mrgreen::mrgreen::mrgreen: Já ouvi dizer muito bem do NIP/TUCK mas ainda não tive oportunidade de ver. As outras séries de que falas ainda não conheço mas vou explorar. Thanks! xxx mouse


De laca a 20 de Março de 2008 às 22:05
:mrgreen:

*****


De mouseland a 22 de Março de 2008 às 17:30
:mrgreen::mrgreen::mrgreen: Laca, long time no see. Estou a preparar algo sobre tipografias, hehehe. xxx mouse


De laca a 25 de Março de 2008 às 00:06
:oops:
sério??? ai!ai! ...vou já a correr, avisar "tipografias" para se preparar!?!

mouse, não tens mais que fazer??? "tipografias" ??? :mrgreen:

*****


De Arnaldo Costa a 29 de Novembro de 2008 às 15:57
Gostei muito hilário! :mrgreen:


Comentar post

.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

31


.posts recentes

. EM SÃO PAULO, ENTRE OS RU...

. "THE LAST OF US", AMOR, L...

. QUE SORTE PODER VOLTAR A ...

. MEXICO DF UMA CIDADE ONDE...

. A MINHA SAGA COM O CANDY ...

. QUATRO FILMES A NÃO PERDE...

. PABLO ESCOBAR, O PATRÃO D...

. A MINHA FRUSTRAÇÃO COM O ...

. "THE WALKING DEAD" (GAME)...

. NUMA JANGADA DE POVOS IBÉ...

.arquivos

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Maio 2012

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

.tags

. apostas

. arte e design

. artes e design

. cibercultura

. ciberfeminismo

. cibermemórias

. cinema

. colaborações

. divulgação

. enigmas

. entrevista

. exposições

. festas

. game art

. game art exposições

. gamers

. iconografias

. indústria de jogos

. interfaces

. jogos e violência

. livros sobre jogos

. mouse conf.

. mouse no obvious

. mouseland

. myspace

. pop_playlist_game

. portfólios

. script

. segredos

. séries tv

. teatro

. textos

. viagens

. viagens cinema

. todas as tags

.links
.participar

. participe neste blog

.MOUSELAND _ PATRÍCIA GOUVEIA
ARTES E JOGOS _ DIGITAIS E ANALÓGICOS
blogs SAPO
.subscrever feeds